Abril 74 ~ Lluís Llach I Grande

Abril 74

Companheiros, se sabem onde se põe a lua
Digam-lhe que a quero
mas eu não posso amá-la.
Pois ainda há batalhas.

Companheiros, se conhecem o canto da sereia
lá no meio do mar
gostaria de ver.
Mas ainda há batalhas.

E se por um triste acaso eu sucumbir à terra
tragam todas minhas canções
e um ramalhete de flores vermelhas
que eu tanto amava.

Companheiros, se buscam as primaveras livres
gostaria de ir com vocês
que para poder vive-las
não posso ser soldado

E se por um triste acaso eu sucumbir à terra
tragam todas minhas canções
e um ramalhete de flores vermelhas
que eu tanto amava.
Quando ganharmos a batalha.

Abril 74
Companys, si sabeu on dorm la lluna blanca
digueu-li que la vull
però no puc anar a estimar-la.
Que encara hi ha combat.

Companys, si coneixeu el cant de la sirena
allà enmig del mar
jo l’aniria a veure.
Però encara hi ha combat.

I si un trist atzar m’atura i caic a terra
porteu tots els meus cants
i un ram de flors vermelles
a qui tant he estimat.

Companys, si busqueu les primaveres lliures
amb vosaltres vull anar
que per poder-les viure
jo me n’he fet soldat.

I si un trist atzar m’atura i caic a terra
porteu tots els meus cants
i un ram de flors vermelles
a qui tant he estimat.
Quan guanyem el combat.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s