3 Haikus ~ Masaoka Shiki

Os Três Últimos Haikus de Masaoka Shiki

Exercício de Tradução Comentado

Extraídos do livro 子規句集 岩波書店 – Coletânea de Haikus de Shiki, Iwanami Editora, 1993.


Por causa de uma doença debilitante, Masaoka Shiki teve de se confinar em sua cama por quase 7 anos até vir a falecer. Apesar da dor, ele continuou escrevendo seus poemas, mesmo deitado… Pouco antes da sua morte, um de seus discípulos, Hekigoto, que estava na cabeceira da cama de Shiki, registrou quando ele escreveu seus últimos três haikus:
Foi em torno de 10 na manhã do dia 18 setembro. Eu embebi o seu velho pincel ao ponto da haste e da brocha estarem encharcados de tinta, e fi-lo segurá-lo com a mão direita. Então, Shiki começou a escrever abruptamente no centro do papel,

“bucha brota”, e um pouco ao lado dessa frase, manejando seu pincel como em um sopro, “sufocada em catarro”. Fiquei curioso para saber o que ele iria escrever a seguir, e fiquei aguardando a próxima frase, quando finalmente ele escreveu “a esperada morte”. Isto tocou meu coração.

Hekigoto sentiu-se profundamente tocado ao testemunhar Shiki escrevendo seus últimos haikus. Ele estava tão fraco, e tossindo desesperadamente, mas ainda assim tinha a determinação de escrever estes haikus.

一。
糸瓜咲て淡のつまりし仏かな

1.
hechima saite
tan no tsumarishi
hotoke kana

1.
bucha brota
sufocada em catarro…
a esperada morte.

二。
淡一斗 糸瓜の水も間にあわず

2.
tan itto
hechima no mizu mo
maniawazu

2.
tanque de muco.
mesmo o suco da bucha
não é o bastante.

三。
をととゝひのへちまの水も取るざりき

3.
ototoi no
hechima no mizu mo
torasariki

3.
o suco da bucha
de anteontem
tampouco foi extraído.


Tradução Comentada dos Haikus

Primeiro Haiku

糸瓜咲て淡のつまりし仏かな。


SHI, ito: thread; fino fio.


KA, uri: melon; melão.

糸瓜
hechima: sponge gourd, loofah: cabaça esponjosa, loofah: bucha: planta trepadeira da família Luffa cylindrica.


SHOO, sa(ku): bloom, blossom: brotar, florescer.


te (part): meio, caminho.


TAN, awa(i): light, faint, pale, a little, phlegm, sputum: catarro. Embora seja seguido da preposição “no” (の), o que sugere a leitura japonesa, Shiki grafou em hiragana a leitura deste kanji como TAN, sua leitura chinesa.


no(partícula): de, em, sobre, sob.

つまり
tsumari: that is, in short, in a word, after all; tsumaru: be stopped


shi: and, and also, so…: usado em fim de frase incompleta, sentido vago, reticência.


BUTSU, FUTSU, hotoke: death, the deceased: morte, morto.

かな
kana: I wonder (if), I don’t know.

Outras traduções

Algumas traduções trazem diferentes interpretações da leitura dos ideogramas. Por exemplo, a tradução inglesa feita pelo Shiki Team chegou à seguinte solução:

sponge gourd has bloomed
choked by phlegm
a departed soul

que numa tradução livre, poderia ser:

brotou a bucha
sufocada pelo muco
espírito morto

Há também Janine Beichman, mais ousada no sentido, que se desvia da morbidez do poema:

The gourd flowers bloom
But look, here lies
A phlegm-stuffed Buddha!

que numa tradução livre, poderia ser:

flores de bucha florescem
mas veja, aqui jaz
um Buda recheado de catarro!

Nota-se que Beichman, mesmo indo contra a grafia hiragana original de Shiki, optou pela leitura on ou chinesa – do kanji仏(BUTSU – Buda) ao invés da leitura kun – ou japonesa – (hotoke – morte). Mesmo não sendo usual – a leitura chinesa de um kanji sucedido de um sufixo em hiragana – é uma solução interessante, dentro do contexto mórbido-religioso do conjunto dos três últimos haikus de Shiki. Em minha versão optei pela leitura kun deste kanji, tanto pela precisão do sentido, quanto pela preocupação expressa por Shiki em grafar a leitura desejada.


Segundo Haiku

淡一斗 糸瓜の水も間にあわず。


TAN, awa(i): light, faint, pale, a little; phlegm, sputum: catarro.


ICHI, ITSU, hito(tsu), hito-: one, a.


TO: (unit of volume, 18 liters), ladle, dipper: concha (para sopa), mergulhador, caneca (para tirar água).

糸瓜
hechima: sponge gourd, loofah: cabaça esponjosa, loofah: bucha: planta trepadeira da família Luffa cylindrica.


no (part): de, em, sobre, sob.


SUI, mizu: water, Wednesday.


mo (part): too, also, besides.


KAN: interval, space, between(suf); KEN: (count for spaces on a go board, unit of length, around 1.8m); aida: interval (of space or time), between, among; ai: interval, between, cross(breed); ma: space, room, pause, a room, time, leisure, luck, the situation.


ni (part): (indicates a place) at, in, into, on, onto, to, toward, from, for, by, in order to.

間にあわ
maniawa – ma[nia]u, [awa], [at-te]: be in time, be useful, be enough.


-zu (aux): sufixo verbal negativo.

Outras traduções

O Shiki Team reforçou o sentido da limpeza do catarro nesta tradução:

gallons of phlegm
even the gourd water
couldn’t clear it up

que livremente seria:

galões de catarro
mesmo o suco da bucha
não pôde limpá-lo

Janine Beichman enfatizou ainda mais a eliminação do catarro:

a quart of phlegm
even the gourd water
couldn’t mop it up

que livremente seria:

um litro de catarro
mesmo o suco da bucha
não pôde eliminá-lo

Sendo o kanji 斗 (TO) a unidade de uma medida que não temos no Brasil (18 litros), ao invés de optar por unidades mais precisas, como galão (3,785 litros) ou litro, preferi utilizar algo mais abstrato, como tanque.


Terceiro Haiku

をととゝひのへちまの水も取るざりき。

をととゝひ
ototo hi: ototo-: (algo como o anterior do anterior); hi: dia: anteontem.


no (part): de, em, sobre, sob.

へちま
hechima: sponge gourd, loofah: cabaça esponjosa, loofah: bucha: planta trepadeira da família Luffa cylindrica.


no (part): de, em, sobre, sob.


SUI, mizu: water, Wednesday.


mo (part): too, also, besides.


SHU, to(ru): take; to(reru): can be taken, come off.


-ru (suf): indica plural.

ざり
saru (sari, sara, satte): leave, pass, resign.


ki: (1) mood, felling, (2) nature, disposition, temper, (3) intention, will.

Outras traduções

Esta tradução do Shiki Team se aproxima muito da solução que acabei adotando:

the gourd water
of the night before yesterday
they didn’t get it either

em português livre teríamos:

o suco da bucha
da noite anterior
tampouco foi colhido

Também esta tradução de Janine Beichman se assemelha no seu sentido à minha tradução:

they didn’t gather
gourd water
day before yesterday either

que em português livre seria:

tampouco colheram
o suco da bucha
de anteontem

O hechima é um fruto típico do Japão, cujo suco tem poderes expectorantes. Este fruto, quando seco, vira uma espécie de bucha. Acreditava-se que quando o suco desta bucha era extraído em noite de lua cheia, seus poderes eram maiores ainda. A noite anterior à da morte de Shiki era noite de lua cheia, mas a família de Shiki, diante de sua morte iminente, havia decidido não mais extrair o suco da bucha.


Fonte de consulta das traduções e bibliografia

THE KANJI DICTIONARY
ED. TUTTLE

NEW DICTIONARY OF KANJI USAGE
ED. GAKKEN

WEBSTER’S NEW UNIVERSAL UNABRIDGED DICTIONARY
BARNES & NOBLE BOOKS

JAPANESE-ENGLISH LEARNER’S DICTIONARY
MERRIAN WEBSTER

ENGLISH-JAPANESE DICTIONARY
ED. COLLINS SHUBUN

THE COMPLETE JAPANESE VERB GUIDE
ED. TUTTLE

DICIONÁRIO BÁSICO DE JAPONÊS-PORTUGUÊS
ALIANÇA CULTURAL BRASIL-JAPÃO
ED. MASSAO OHNO

A MODERN CHINESE-ENGLISH DICTIONARY
HAI FENG PUBLISHING CO. LTD — OXFORD UNIVERSITY PRESS

DICIONÁRIO CAUDAS AULETE
ED. DELTA

DICIONÁRIO AURÉLIO DA LÍNGUA PORTUGUESA
ED. NOVA FRONTEIRA

DICIONÁRIO HOUAISS DA LÍNGUA PORTUGUESA
ED. OBJETIVA

Masaoka Shiki, 1982, 1986
by Janine Beichman


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s